Pular para o conteúdo

Mucugê: O que fazer, onde ficar e atrações deste local na Chapada Diamantina!

Avalie

Está querendo conhecer um pouco da Chapada Diamantina e deseja saber o que Mucugê reserva para você? Este artigo será de grande utilidade! Confira o que fazer!

Mucugê é uma cidade localizada na região da Chapada Diamantina e é conhecida por sua rica história, arquitetura colonial e belezas naturais, como cachoeiras, rios e montanhas.

Deste modo, o artigo de hoje tem o intuito de trazer todas as informações que podem ser úteis para quem deseja conhecer a região, apontando suas atrações e demais afazeres. Acompanhe a seguir!

Mucugê

A cidade foi fundada no século XIX durante a época da corrida do diamante, e preserva muitos dos edifícios históricos da época, também é conhecida por suas ruas de pedra e casas antigas, que dão um charme especial ao local.

Entre as atrações naturais de Mucugê, destaca-se o Parque Municipal Sempre Viva, que possui diversas trilhas e cachoeiras, outro detalhe a mencionar é em relação ao fato de ser cercada por montanhas, que oferecem vistas espetaculares da região.

Mucugê oferece uma boa infraestrutura turística, com diversas opções de hospedagem, restaurantes e lojas de artesanato local, sendo um destino ideal para quem busca um lugar tranquilo e cheio de história e belezas naturais.

 É uma opção interessante para quem deseja conhecer mais sobre a cultura e tradições da região da Chapada Diamantina, e desfrutar de paisagens incríveis em meio à natureza.

Quando visitar

Antes de em si elencar as atrações no roteiro, é preciso saber qual o período do ano que mais é propicio a conhecer tudo que a região pode oferecer.

Por conseguinte, o melhor período para visitar Mucugê é durante a estação seca, que vai de maio a setembro, onde o clima é mais ameno e agradável para a realização de atividades ao ar livre, como trilhas e caminhadas, também vale destacar que é o clima ideal para banhos nas cachoeiras e rios, já que as águas estão mais cristalinas e com menor volume de chuvas.

No entanto, é importante lembrar que a Chapada Diamantina é uma região com altitude elevada, o que pode provocar variações climáticas repentinas, como chuvas inesperadas.

Quanto tempo ficar na cidade

Se você planeja apenas visitar as principais atrações da cidade, um fim de semana pode ser suficiente, mas se você quer fazer trilhas mais longas e conhecer outras cidades da região, o ideal é ficar por pelo menos uma semana.

Para quem gosta de esportes de aventura, como mountain bike e escalada, é recomendável ficar pelo menos cinco dias na região, deste modo, é possível conhecer as principais trilhas e cachoeiras e ainda ter tempo para explorar outras atividades.

Por outro lado, se o objetivo é relaxar e desfrutar da tranquilidade da cidade, um fim de semana pode ser o suficiente. Nesse caso, você pode aproveitar para conhecer as principais atrações da cidade, como o Parque Municipal Sempre Viva mencionado anteriormente, além de experimentar a culinária local e fazer compras de artesanato.

O que fazer

Mucugê oferece diversas atividades para os visitantes, tanto para quem busca aventuras na natureza quanto para quem quer conhecer mais sobre a história e cultura da cidade.

Deste modo, logo abaixo vamos disponibilizar os principais pontos turísticos da cidade. Acompanhe!

1 – Parque Municipal Sempre Viva

O parque é uma das principais atrações e  oferece diversas trilhas para caminhada, com diferentes níveis de dificuldade, que levam a cachoeiras, piscinas naturais e mirantes com vistas incríveis das montanhas da região.

Além disso, conta com uma boa infraestrutura para visitantes, como áreas de camping, banheiros e um centro de visitantes, que oferece informações sobre as trilhas e a fauna e flora local.

Imagem aérea do Parque Municipal Sempre Viva.
Imagem aérea do Parque Municipal Sempre Viva. Foto: Reprodução

No mais, podemos dizer que é um local que não pode ficar de fora do seu roteiro, ainda mais para quem busca contato com a natureza e deseja explorar as belezas da Chapada Diamantina.

É uma grande oportunidade para conhecer a biodiversidade da região e desfrutar de momentos únicos em meio às cachoeiras e trilhas da área de preservação ambiental.

2 – Cachoeiras

Mucugê é uma cidade cercada de belezas naturais e conta com diversas cachoeiras que são verdadeiros tesouros da Chapada Diamantina.

Portanto, vamos disponibilizar a seguir, as principais cachoeiras da região, que são dignas de serem incluídas no seu roteiro e de receber uma visita!

  • Cachoeira do Buracão: É uma das cachoeiras mais impressionantes da região, apresenta uma queda d’água de mais de 80 metros de altura, porém, sua trilha de acesso é considerada de nível moderado/avançado, portanto, é preciso ter atenção;
  • Cachoeira da Fumacinha: Considerada entre as mais bonitas do Brasil, a trilha para chegar à cachoeira é longa, são aproximadamente 18 km de caminhada;
  • Cachoeira da Piabinha: De fácil acesso, ideal para quem quer passar um dia tranquilo em meio à natureza;
  • Cachoeira do Cardoso: É uma cachoeira com cerca de 40 metros de altura e uma piscina natural excelente para banho,  uma opção mais acessível, com trilha de nível fácil;
  • Cachoeira do Tiburtino: Outra ótima opção para banho, visto que possui uma piscina natural ideal para banho e sua trilha de acesso é de nível fácil.
Cacheira em Mucugê.
Cacheira em Mucugê. Foto: Reprodução

3 – Museu Vivo do Garimpo

O Museu Vivo do Garimpo é  outra atração que não pode ficar de fora do seu roteiro, está localizado no centro da cidade, em uma casa histórica que foi restaurada para abrigar o museu.

O objetivo do acervo é preservar e difundir a história da mineração de diamantes na região, que foi uma atividade econômica importante durante muitos anos, nele você irá encontrar uma exposição permanente com peças e equipamentos usados pelos garimpeiros, como peneiras, bateias, martelos e serras.

Museu Vivo do Garimpo.
Museu Vivo do Garimpo. Foto: Reprodução

Além disso, o museu conta com guias que explicam o processo de extração de diamantes e a história do garimpo na região e apresentam algumas curiosidades sobre a vida dos garimpeiros.

É uma visita interessante para quem gosta de história e cultura, e para quem quer entender melhor a relação entre a atividade econômica e a vida dos moradores da região.

Onde se hospedar

Após conhecer sobre o que fazer na cidade, bem como algumas dicas de viagem, é notório a necessidade de finalizar este artigo com algumas boas opções de hospedagens em Mucugê.

Portanto, confira a seguir duas ótimas opções para você passar um final de semana ou alguns dias nessa cidade!

  • Hostel Mucugê: Com uma ótima vista pata montanha, é uma ótima opção de hospedagem que proporciona toda a comodidade necessária;
  • Pousada Mucugê: Localizada ao centro da cidade, a pousada disponibiliza uma piscina ao ar livre e toda infraestrutura necessária para que seus hóspedes tenham uma boa estadia.

E aí, gostou do artigo?

Agora que você já conhece mais sobre este local na Chapada Diamantina, já incluiu alguma das atrações mencionadas nesta matéria no seu roteiro? Nos conte abaixo!

Este artigo foi útil para você? Acesse a página principal do Agora Viagem e acompanhe muitas outras dicas de viagem!

Perguntas Frequentes

Quando visitar?

O melhor período para visitar Mucugê é durante a estação seca, que vai de maio a setembro, onde o clima é mais ameno e agradável para a realização de atividades ao ar livre, como trilhas e caminhadas.

Quanto tempo ficar na cidade?

Se você planeja apenas visitar as principais atrações da cidade, um fim de semana pode ser suficiente, mas se você quer fazer trilhas mais longas e conhecer outras cidades da região, o ideal é ficar por pelo menos uma semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *