Pular para o conteúdo

O que fazer em Pelotas? 7 atrações históricas + dicas de viagem!

Avalie

Pensando em viajar para o sul do país e deseja saber o que fazer em Pelotas? No artigo de hoje, a equipe do Agora Viagem irá te apresentar tudo que a cidade tem a oferecer.

Continue a leitura e acompanhe m pouco da sua história bem como quais as atrações que esperam por você!

Sobre a cidade de Pelotas

Situado na região sul do país, Pelotas é um município que faz parte do estado do Rio Grande do Sul e é considerada uma das capitais regionais do país.

O município conta com mais de 340 mil habitantes e é um dos grandes polos universitário do país. Pelotas contém cinco instituições de ensino superior, quatro escolas técnicas além de museus e bibliotecas.

O que fazer em Pelotas? A cidade é linda vista durante a noite e conta com muitas atrações.
O que fazer em Pelotas? A cidade é linda vista durante a noite e conta com muitas atrações. Foto: Reprodução

A cidade de pelotas conta com belas paisagens naturais, no que já serviu de motivo para a televisão brasileira utilizar como cenário. Pelotas esteve presente em três produções para a Tv brasileira:

  • Incidente em Antares: A zona do porto de Pelotas foi utilizada como cenário.
  • A Casa das Sete Mulheres: Uma charqueada em uma zona rural foi utilizada como cenário.
  • O Tempo e o Vento: Filmado em 2012 na cidade de Pelotas.

Onde Pelotas está localizado?

O município está situado em meio as margens do Canal São Gonçalo que faz ligação com as lagoas das cidades de Mirim e Patos. Pelotas fica aproximadamente 280 quilômetros da capital do estado, Porto Alegre.

Pelotas possui diversos monumentos históricos
Pelotas possui diversos monumentos históricos. Foto: Reprodução

Pelotas: Como chegar?

Abaixo irei especificar algumas maneiras que você pode utilizar para chegar até a cidade de Pelotas no Rio Grande do Sul. Acompanhe!

Avião

Para quem deseja visitar Pelotas e mora em uma região mais distante, o meio de transporte mais rápido e eficiente será através de um avião.

Para isso, basta se dirigir até o aeroporto mais próximo a você e então pegar um voo com destino ao Aeroporto Internacional de Pelotas.

Vale ressaltar que você conseguirá voo direto até Pelotas a partir de algumas capitais do país, como Recife por exemplo.

Carro

Para quem for sair de Porto Alegre até a cidade de Pelotas de carro, terá um percurso de aproximadamente 4 horas de condução.

Será preciso seguir pela BR-116, a Rodovia fica as margens de Guaíba e a Lagoa dos Patos.

Como se locomover em Pelotas

Por ser uma cidade consideravelmente grande, será necessário um carro para visitar seus pontos turístico ou pode ser feito também a partir do transporte público da cidade.

Assim como utilizar de serviços como o Uber e o 99Pop podem ser de grande utilidade, visto que na cidade há muitas pessoas que trabalham para estas instituições no que resulta na disponibilidade a todo momento.

Por que visitar Pelotas

Para os apaixonados por história, a cidade de Pelotas possui diversas estruturas antigas que remontam a época de quando a cidade era o grande centro econômico do estado do Rio Grande do Sul e era considerada uma das regiões mais ricas do país.

Na cidade você irá poder visitar os diversos casarões antigos, além das fazendas de charque que tornaram a cidade em um dos maiores centros econômicos do Brasil.

A boa notícia é que grande parte das estruturas que remontam a história da cidade ainda se encontram preservadas.

Onde se hospedar

Antes de montar o seu roteiro sobre o que fazer em Pelotas, é importante definir um local que você irá manter estadia, abaixo irei destacar alguns locais em Pelotas para você se hospedar. Acompanhe!

Charqueada Santa Rita Pousada de Charme

A pousada está localizada em uma área histórica em Pelotas e conta com um belo parque que é cortado por um rio. O local fica a apenas 6 quilômetros do centro de Pelotas e pode ser um ótimo local para você manter sua estadia e poder conhecer todas as atrações que a cidade proporciona.

Charqueada Santa Rita Pousada de Charme é uma bela construção antiga.
Charqueada Santa Rita Pousada de Charme é uma bela construção antiga. Foto: Reprodução

O local conta com uma piscina ao ar livre, além de rede de Wi-Fi gratuita e um ótimo café da manhã. Os quartos estão munidos de ar-condicionado, Tv e frigobar.

Província Casa Hotel

Outra ótima opção para manter estadia em Pelotas é na Província Casa Hotel, na qual oferece uma bela decoração clássica que traz um diferencial para o local.

O Província Casa Hotel traz uma bela arquitetura clássica.
O Província Casa Hotel traz uma bela arquitetura clássica. Foto: Reprodução

O hotel conta com rede de Wi-Fi gratuita, além de piscina ao ar livre e academia. Fica localizada em meio a cidade de Pelotas e fica próxima a Praia do Laranjal.

Hotel Jacques Georges Business

Bem próximo ao centro de Pelotas, o Hotel Jacques Georges Business pode ser outra boa alternativa de hotel na cidade, o mesmo oferece um ótimo café da banha e conta com sua recepção de forma 24 horas.

Todos os quartos possuem uma decoração moderna, além de rede Wi-Fi gratuita, tv a cabo, telefone e ar-condicionado. O local oferece estacionamento gratuito e fica próximo a muitas atrações em Pelotas.

Afinal, o que fazer em Pelotas? Conheça suas atrações!

Após conhecer um pouco da cidade e conferir nossas dicas, vamos dispor algumas atrações da cidade para você que busca o que fazer em Pelotas. Continue a leitura e veja tudo que a cidade tem a oferecer para você!

1 – As históricas charqueadas

Como já mencionado no início deste artigo, as charqueadas eram o grande carro chefe da economia de pelotas e do Rio Grande do sul alguns anos atrás, nos dias de hoje, muitas dessas estruturas históricas estão ainda preservadas e datam do século XIX.

A Charqueada São João em Pelotas se tornou muito famosa por sua aparição na série “A Casa das Sete Mulheres”. Por conta disso, recebe muitas visitas que são realizadas de forma guiada, além de oferecer um passeio de barco pelo Arroio Pelotas. Com certeza precisa estar em seu roteiro quando pensar sobre o que fazer em Pelotas.

A Charqueada São João é uma das mais conhecidas da região.
A Charqueada São João é uma das mais conhecidas da região. Foto: Reprodução

A Charqueada Santa Rita e Boa Vista, propiciam um ótimo menu campeiro com opções para janta e almoço, se inclui uma refeição completa, prato principal e sobremesa.

Vale informar que boa parte das charqueadas em Pelotas possuem uma certa taxa a ser paga na entrada, além de mais taxa sobre seus respectivos afazeres, no atribui um valor a visita guiada e o passeio de barco por exemplo.

2 – Casarões do Centro histórico

Devido a sua grande história, com uma simples volta pela cidade você irá se deparar com diversas estruturas históricas que remontam todo o passado da cidade.

Porém, o grande onde ponto onde está localizado boa parte dos casarões é na Praça Coronel Pedro Cisório, ao centro da cidade.

O Centro Histórico de Pelotas reúne muita história e cultura.
O Centro Histórico de Pelotas reúne muita história e cultura. Foto: Reprodução

Na praça central da cidade você irá encontrar alguns casarões que hoje são utilizados para serviços públicos da cidade assim como a Biblioteca Pública Municipal, Museu do Doce, Museu da Cidade e o Centro Cultural.

Museu do doce

Construído no ano de 1878 por Francisco Antunes Maciel, que era um dos conselheiros do imperador português.

O museu remonta a história da cidade com o doce, que por conta da influência portuguesa, o açúcar era presente na região de forma abundante.

O Museu do Doce está disponível para visita de Terça a Domingo, das 14h às 18h30.

Centro Cultural

O local hoje locado pelo Centro Cultural, foi um dos primeiros casarões a ser construído em Pelotas, sua criação foi no ano de 1820 e reformado pelo renomado pintor e restaurador Adail Bento Costa que adquiriu o Casarão e decidiu da um novo visual para ele que estava em situação decadente e abandonado.

Ainda assim, após reformado ele mantém algumas de suas características originais, ao passar pelos cômodos será perceptível alguns traços antigos e antigas mobílias.

O Centro Cultual está aberto para visitas de Segunda a Sexta, das 12h30 às 18h30.

Biblioteca Pública

A Biblioteca Pública é uma antiga construção do ano de 1875 e nasceu através da ideia de Antônio Joaquim Dias, no qual deu início ao acervo com 960 volumes.

Atualmente o local se trata de uma associação civil que não possui fins lucrativos e promove a mais de 145 anos, serviços de acesso a cultura, educação e cidadania.

A Biblioteca Pública de Pelotas está disponível para visitas de segunda a sexta, das 09h às 18h.

Museu da cidade

O Museu da cidade reúne alguns itens históricos que remontam todo o passado de Pelotas. Porém, o museu se encontra fechado para visitas na data de publicação deste artigo.

Quando você estiver buscando o que fazer em Pelotas e decida visitar o museu, verifique se na data de sua viagem o museu irá estar disponível para visitas.

3 – Mercado Público

Construído no ano de 1848, o Mercado Público de Pelotas é outro ponto histórico da cidade e atualmente o mesmo ainda continua com a ideia de Mercado Central e além de turistas, recebe muitos locais que desejam visitar o local por conta de um dos seus restaurantes ou bares nas redondezas.

O mercado público da cidade reúne histórias a quase 150 anos.
O mercado público da cidade reúne histórias a quase 150 anos. Foto: Reprodução

Sua estrutura contém um relógio e um farol metálico, que foram implementados no ano de 1914 com inspirações na Torre Eiffel.

O Mercado Público está disponível para visitas todos os dias das 09h as 19h30.

4 – Catedral São Francisco de Paula

Construída originalmente em 1813, a pequena capela precisou ser reconstruída em 1826 após a destruição da mesma pelo fato da destruição por conta de um raio que havia caído no local. A partir disso e com o crescimento de Pelotas, a antiga pequena capela foi reconstruída como um ambiente novo e mais espaço.

Com o passar dos anos e o crescimento repentino da cidade, a estrutura foi expandido e deu origem a Catedral São Francisco de Paula, na qual possui capacidade para quase 2 mil pessoas.

Atualmente a Catedral está tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Rio Grande do Sul, através da portaria 36/2011.

5 – Parque e Museu da Baronesa

Construído no ano de 1863, o então Parque e Museu da Baronesa era um local no qual abrigava escravos. Com a chegada de Annibal e Amélia Hartley, os dois assinaram no ano de 1884, a libertação de todos os escravos da residência, deste modo, os escravos forma liberados 4 anos antes da Lei Áurea.

Por conta da atitude de assinar as cartas de alforria, Annibal recebeu diretamente de Dom Pedro II a nomeação de Barão de Três Serros.

A Chácara foi entregue ao município no ano de 1979, no qual foi transformado em Parque e Museu da Baronesa. Atualmente, está aberto para visitas de terça a seta, das 13h30 as 18h, e no final de semana e feriados, o local está disponível das 14h as 18h.

Para quem busca o que fazer em Pelotas, o Parque e Museu da Baronesa precisa constar no roteiro, visto que o local reúne parte da história da cidade e um espaço de lazer.

6 – Igreja Anglicana

A Igreja Anglicana é conhecida por seus residentes de “Igreja Cabeluda”, isso se atribui pelo fato de a estrutura ser coberta por Hera que acaba mudando de cor durante certos períodos do ano.

A Igreja está disponível para visita de Terça a Quinta, das 14h30 às 17h30, nos domingos das 10h00 às 11h50.

7 – Praia do Laranjal

A Praia do Laranja é um dos principais pontos turísticos na cidade e é principal alvo dos turistas quando buscam o que fazer em Pelotas. No verão a praia reúne muitos residentes e turistas na qual atribui uma grande movimentação durante a alta temporada.

A Praia possui uma ótima infraestrutura para os turistas que visitam a região, nas proximidades é possível encontrar alguns restaurantes e quiosques, além de um belo calçadão em seu entorno que propicia a pratica de exercícios aeróbicos ao ar livre, como chamada ou corrida.

Em sua orla, é muito comum a prática de esportes como a “altinha” que é muito popular entre os jovens, além dos tradicionais, futevôlei e vôlei de praia.

Gostou?

E aí, após conhecer um pouco mais da cidade e de suas atrações, conseguiu decidir o que fazer em Pelotas? Já conhece a cidade? Nos conte suas experiências abaixo!

Se surgiu alguma dúvida sobre algo menciona neste artigo, ou deseja incluir informações sobre determinado ponto do artigo, deixe seu feedback.

Para mais conteúdos sobre dicas de viagem, acesse a página principal do Agora Viagem!

Perguntas Frequentes sobre o que fazer em Pelotas

Qual localidade em Pelotas é bastante conhecida por ter seu ambiente utilizado como cenário em série da TV brasileira?

A Charqueada São João em Pelotas se tornou muito famosa por sua aparição na série “A Casa das Sete Mulheres”. Por este fato, é muito procurada pelos turistas.

Qual é a estrutura mais antiga da cidade?

O Centro Cultural, foi um dos primeiros casarões a ser construído em Pelotas, sua criação foi no ano de 1820 e reformado pelo renomado pintor e restaurador Adail Bento Costa. Pode ser encontrado na praça central da cidade e seu horário de funcionamento é de Segunda a Sexta, das 12h30 às 18h30.

Quantos dias ficar em pelotas?

Para quem busca o que fazer em Pelotas e quer saber quantos dias é o ideal para conhecer suas principais atrações, o tempo ideal é de 2 a 3 dias. Em um final de semana já é possível conhecer todos os principais pontos da cidade e aproveitar tudo que oferecem.

Qual o clima da região?

Pelotas possui um clima bem ameno, em sua média, durante o ano todo faz 20º, durante o inverno as temperaturas devem cair um pouco mais, chegando a 10º a noite. No verão, o clima não costuma a ultrapassar a marca de 30º.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *