Pular para o conteúdo

20 Cachoeiras em São Paulo que você Precisa Conhecer!

Avalie

No artigo de hoje, iremos conhecer 20 Cachoeiras em São Paulo, perfeitas para relaxar e ficar bem tranquilo se conectando com a natureza.

 Todos sabemos que São Paulo é bastante conhecida como a Selva de Pedra, mas saiba que mesmo em meio ao caos da cidade ainda é possível encontrar maravilhas naturais perfeitas para relaxar e descansar. E o melhor é que nem existe a necessidade de ir tão longe, as cachoeiras de São Paulo são encontradas pelos extremos da capital, e irão atender ao gosto de qualquer tipo de pessoa.

Veja abaixo as 20 mais lindas cachoeiras com os mais variados tipos, na cidade de São Paulo. Desde opções com trilhas mais difíceis para os aventureiros, até os de mais fácil acesso para curtir em família, existem diversas opções interessantes.

Cachoeiras em São Paulo: Cachoeira do Saltão, em Brotas

A Cachoeira do Saltão é um dos principais atrativos turísticos da cidade de Brotas, localizada no interior de São Paulo. Com cerca de 75 metros de queda livre, a cachoeira é um espetáculo natural e um destino muito procurado por quem visita a região. Para chegar à cachoeira, é preciso percorrer uma trilha de cerca de 1 km, que pode ser um pouco íngreme em alguns trechos, mas que é acessível a pessoas de todas as idades.

chegando à Cachoeira do Saltão, as pessoas podem aproveitar para nadar nas águas cristalinas e refrescantes da cachoeira, praticar rapel ou simplesmente contemplar a beleza do lugar. O local conta com estrutura para receber os turistas, como banheiros e quiosques para descanso e lanches.

Cachoeira da Graça, em Cotia

Cachoeira da Graça, em Cotia
Cachoeira da Graça, em Cotia Foto: Pinterest

A Cachoeira da Graça fica na cidade de Cotia, localizada na região metropolitana de São Paulo. Com cerca de 40 metros de altura, a cachoeira é um espetáculo natural e um destino muito procurado por quem busca contato com a natureza. Para chegar à cachoeira, é preciso percorrer uma trilha de cerca de 2 km, que pode ser um pouco íngreme em alguns trechos, mas que é acessível a pessoas de todas as idades.

Quando chegar à Cachoeira da Graça, você pode aproveitar para nadar nas águas cristalinas e refrescantes da cachoeira, praticar rapel ou simplesmente contemplar a beleza do lugar. O local conta com estrutura para receber os turistas, como banheiros e quiosques para descanso e lanches.

Cachoeira dos Veados, no Parque Nacional da Serra da Bocaina

A Cachoeira dos Veados está localizada no Parque Nacional da Serra da Bocaina. Com mais de 40 metros de altura, a cachoeira é considerada uma das mais belas da região e atrai turistas em busca de aventura e contato com a natureza. Para chegar à cachoeira, é preciso percorrer uma trilha de cerca de 8 km, que pode ser um pouco íngreme em alguns trechos, mas que é acessível a pessoas com um bom condicionamento físico.

Ao chegar à Cachoeira dos Veados, os visitantes podem se refrescar nas águas cristalinas da cachoeira, aproveitar para fazer um piquenique nas áreas verdes ou simplesmente contemplar a beleza do lugar. Não esqueça que a visitação ao Parque Nacional da Serra da Bocaina deve ser feita com cuidado e respeitando as normas de segurança, para evitar acidentes e preservar o meio ambiente.

Cachoeira do Sol, em Monte Alegre do Sul

Cachoeira do Sol, em Monte Alegre do Sul
Cachoeira do Sol, em Monte Alegre do Sul Foto: Pinterest

A Cachoeira do Sol fica em Monte Alegre do Sul. Com cerca de 20 metros de altura, a cachoeira é formada pelas águas cristalinas do Rio Camanducaia, que se espalham em várias quedas e poços, criando um cenário de beleza única. Para chegar à cachoeira, é preciso percorrer uma trilha de nível moderado, com cerca de 1,5 km de extensão, que pode ser feita a pé ou de bicicleta.  

Cachoeira Toque Toque Grande, em São Sebastião

A Cachoeira Toque Toque Grande está localizada em São Sebastião, no litoral norte do estado de São Paulo, no Brasil. É uma das principais atrações da região, devido à sua beleza exuberante e fácil acesso. A cachoeira fica em meio à Mata Atlântica, em uma trilha de cerca de 15 minutos a partir do estacionamento. Ao chegar na cachoeira, os visitantes se deparam com uma queda d’água de aproximadamente 12 metros de altura, formando uma piscina natural.

Cachoeira do Engordador, no Parque Estadual Cantareira

Essa é uma das principais atrações do parque, que é uma das maiores áreas verdes urbanas do mundo. A trilha para chegar à cachoeira tem cerca de 1,5 km e é considerada de nível fácil a moderado. Durante a caminhada, os visitantes podem apreciar a flora e fauna locais, incluindo espécies ameaçadas de extinção como o sagui-da-serra-escuro e o macuco.

A Cachoeira do Engordador é ideal para quem busca um refúgio em meio à natureza sem sair da cidade. Além da cachoeira, o parque oferece diversas opções de trilhas, mirantes e áreas para piquenique, bem como programas de educação ambiental e atividades recreativas.

Queda de Meu Deus, em Eldorado

Queda de Meu Deus, em Eldorado
Queda de Meu Deus, em Eldorado Foto: Pinterest

A Queda de Meu Deus é uma das principais atrações naturais da cidade de Eldorado, no estado de São Paulo. Ela está localizada no Parque Estadual da Serra do Mar, que é uma das maiores reservas de Mata Atlântica do país. A cachoeira é formada por uma queda d’água de aproximadamente 50 metros de altura, em meio a uma exuberante vegetação de mata atlântica. A trilha para chegar até a Queda de Meu Deus é de nível moderado a difícil, com cerca de 9 km de extensão e duração média de 6 horas ida e volta.

Cachoeira de Marsilac, em Engenheiro Marsilac

A cachoeira tem uma queda d’água de cerca de 30 metros de altura, em meio a uma exuberante vegetação de Mata Atlântica. O acesso à cachoeira é feito por uma trilha de nível fácil a moderado, com cerca de 2,5 km de extensão. Durante o percurso, é possível apreciar a rica fauna e flora local, bem como diversas nascentes e riachos. Além da cachoeira, o Parque Natural Municipal Bororé oferece outras opções de trilhas, mirantes e atividades recreativas, como o passeio de caiaque no Rio Embu-Mirim.

Cachoeira do Itambé, em Cássia dos Coqueiros

A Cachoeira do Itambé está localizada no município de Cássia dos Coqueiros, no estado de São Paulo. Ela é formada pelas águas do rio Itambé e possui uma queda d’água de aproximadamente 15 metros de altura. Para chegar até a cachoeira é necessário percorrer uma trilha com cerca de 1,5 km de extensão, em meio à mata atlântica, e atravessar o rio algumas vezes. O local é bastante frequentado por turistas e oferece uma bela paisagem natural. É importante lembrar que a visitação deve ser feita com cuidado e respeito ao meio ambiente.

Veja Também: Hotéis Fazenda em São Paulo

Cachoeira da Toca, em Ilhabela

A Cachoeira da Toca está localizada na Ilha de São Sebastião, em Ilhabela, no norte de São Paulo. Para chegar até a cachoeira, é necessário percorrer uma trilha de cerca de 2,5 km em meio à mata atlântica, o que leva em torno de 40 minutos de caminhada. A cachoeira tem cerca de 20 metros de altura e forma uma piscina natural embaixo. O local é bastante frequentado por turistas e oferece uma bela paisagem natural.

Cachoeira do Jamil, em Engenheiro Marsilac

A Cachoeira do Jamil é uma bela queda d’água localizada na região de Engenheiro Marsilac, na cidade de São Paulo. A cachoeira é de fácil acesso e está localizada próxima à estrada, o que facilita a visitação. Para chegar até a cachoeira, é necessário percorrer uma trilha curta e fácil, com cerca de 100 metros de extensão. A cachoeira tem aproximadamente 8 metros de altura e forma uma piscina natural embaixo, ideal para um banho refrescante em dias quentes de verão.

Cachoeira do Toldi, em São Bento de Sapucaí

Essa é uma cachoeira cercada por uma bela paisagem natural, com muitas árvores e pedras, o que a torna um lugar ideal para relaxar e entrar em contato com a natureza. Para chegar até a cachoeira, é necessário percorrer uma trilha de nível moderado, com cerca de 2 km de extensão. A cachoeira tem uma queda de aproximadamente 30 metros de altura, formando uma bela piscina natural embaixo, perfeita para um mergulho refrescante.

Cachoeira do Sagui, em Emburá do Alto

Cachoeira do Sagui, em Emburá do Alto
Cachoeira do Sagui, em Emburá do Alto Foto: Pinterest

A Cachoeira do Sagui é uma atração turística localizada em Embuá do Alto, no estado de São Paulo, Brasil. A cachoeira possui uma queda d’água de cerca de 10 metros de altura e um poço para banho. Para acessá-la, é necessário percorrer uma trilha de aproximadamente 1,5 km em meio à natureza. Além da cachoeira, a região também oferece outras opções de lazer, como trilhas, camping e pesca. É um local bastante frequentado por visitantes em busca de contato com a natureza e tranquilidade.

Cachoeira do Pimenta, em Cunha

A Cachoeira do Pimenta é um atrativo incrível da cidade de Cunha. A cachoeira tem cerca de 30 metros de altura e forma uma bela piscina natural embaixo da queda d’água. Para chegar até lá, é necessário percorrer uma trilha de nível médio que leva em torno de 40 minutos a partir do estacionamento. Na cachoeira, os visitantes podem se refrescar na piscina natural e também aproveitar para fazer um piquenique nas áreas verdes ao redor.

Veja Também: Restaurantes temáticos em São Paulo

Cachoeira do Elefante, no Parque Estadual da Serra do Mar

A Cachoeira do Elefante fica no Parque Estadual da Serra do Mar, e é uma das principais atrações do parque, com uma bela queda d’água de aproximadamente 25 metros de altura. Para chegar até a cachoeira, é preciso fazer uma trilha de cerca de 3 km de nível moderado a difícil, que passa por trechos de mata fechada e aclives íngremes. Ao chegar na cachoeira, os visitantes podem se refrescar na água cristalina e aproveitar a vista panorâmica da região. A Cachoeira do Elefante é um destino popular entre os amantes de trilhas e de ecoturismo, mas requer um certo preparo físico para completar o trajeto com segurança.

Poço Azul, na Serra da Mantiqueira

O Poço Azul está localizado na Serra da Mantiqueira, que fica na divisa entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. É uma piscina natural de água cristalina com tonalidade azul-turquesa, cercada por uma bela paisagem de montanhas e mata nativa. Para chegar até lá, é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 2 km de nível moderado, que atravessa áreas de mata fechada e riachos.

Cachoeira do Cabuçu, no Parque Estadual Cantareira

A Cachoeira do Cabuçu é uma cachoeira de cerca de 35 metros de altura, que forma uma bela piscina natural de águas cristalinas embaixo da queda. Para chegar até lá, é preciso percorrer uma trilha de nível médio de aproximadamente 3 km, que passa por áreas de mata atlântica preservada e riachos. A Cachoeira do Cabuçu é uma excelente opção de passeio para quem vive em São Paulo ou está visitando a cidade e busca um contato mais próximo com a natureza.

Cachoeira do Paraíso, em Peruíbe

Essa é uma cachoeira de aproximadamente 20 metros de altura, que forma uma piscina natural embaixo da queda d’água, cercada por uma exuberante mata atlântica. Para chegar até lá, é preciso percorrer uma trilha de cerca de 1,5 km, que passa por áreas de mata preservada e riachos. Ao chegar na cachoeira, os visitantes podem se refrescar na piscina natural e apreciar a beleza da paisagem ao redor. A Cachoeira do Paraíso é um destino popular entre os amantes da natureza e de aventura, mas também é indicada para famílias e grupos que buscam um lugar tranquilo para relaxar e se divertir bastante.

Veja Também: Melhores destinos de viagens para São Paulo

Cachoeira da Pedra Furada, em Serra do Mar

A Cachoeira da Pedra Furada está localizada na Serra do Mar, na divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. É uma cachoeira de aproximadamente 60 metros de altura, que forma uma bela piscina natural embaixo da queda d’água, rodeada por uma exuberante mata atlântica. Para chegar até a cachoeira, é preciso fazer uma trilha de nível moderado a difícil de cerca de 6 km, que passa por trechos de mata fechada, riachos e algumas subidas íngremes. A Cachoeira da Pedra Furada é um destino muito procurado por praticantes de trekking e ecoturismo, mas precisa de um bom preparo físico para completar o percurso com segurança.

Cachoeira do Prumirim, em Ubatuba

Cachoeira do Prumirim, em Ubatuba
Cachoeira do Prumirim, em Ubatuba Foto: Pinterest

Essa é uma cachoeira de aproximadamente 15 metros de altura, que forma uma piscina natural embaixo da queda d’água, cercada por uma densa vegetação de mata atlântica. Para chegar até a cachoeira, é preciso percorrer uma trilha de nível fácil a moderado de cerca de 1 km, que passa por áreas de mata preservada e riachos. Ao chegar na cachoeira, os visitantes podem nadar na piscina natural, fazer um piquenique nas áreas verdes ao redor e apreciar a beleza da paisagem.

Como encontrar boas cachoeiras em São Paulo

Encontrar boas cachoeiras em São Paulo pode ser uma experiência incrível! Aqui estão algumas dicas para descobrir cachoeiras na região:

  1. Pesquisar na Internet: Existem muitos sites e blogs dedicados a listar e descrever cachoeiras em São Paulo. Sites como TripAdvisor, Guia da Semana, e blogs de viagem podem ser úteis.
  2. Redes Sociais: Plataformas como Instagram e Facebook têm muitos grupos e páginas dedicadas a compartilhar dicas sobre cachoeiras. Você pode encontrar recomendações de locais e até mesmo fotos recentes para verificar as condições.
  3. Guias Locais e Mapas: Livros guia de turismo e mapas específicos para trilhas podem incluir informações sobre cachoeiras na região. Eles geralmente fornecem detalhes sobre como chegar, níveis de dificuldade das trilhas, e outras dicas úteis.
  4. Apps de Trilhas e GPS: Aplicativos como Wikiloc, AllTrails e Google Maps (com a camada de trilhas ativada) podem mostrar trilhas populares que levam a cachoeiras. Eles também podem incluir comentários de outros usuários sobre as condições das trilhas e da cachoeira.
  5. Consultar Moradores Locais: Perguntar a moradores da região ou a funcionários de parques pode render boas recomendações de cachoeiras menos conhecidas, mas igualmente belas.
  6. Visitar Parques Estaduais e Municipais: Muitos parques em São Paulo têm cachoeiras, e essas áreas são geralmente bem mantidas e acessíveis ao público. Parques como o Parque Estadual da Cantareira, Parque Estadual do Jaraguá e Parque Estadual de Campos do Jordão são exemplos onde se pode encontrar cachoeiras.
  7. Considerar Condições Climáticas e Época do Ano: Verifique se é seguro visitar a cachoeira em questão, especialmente durante a época de chuvas ou seca. Algumas cachoeiras podem estar inacessíveis ou perigosas em determinados períodos.

Ao explorar cachoeiras em São Paulo, lembre-se de respeitar o ambiente natural, seguir as trilhas demarcadas e tomar precauções de segurança, como verificar a profundidade da água antes de nadar e evitar áreas escorregadias.

E aí, o que achou de conhecer esses incríveis destinos em São Paulo

? Se o artigo foi útil para você, me conte nos comentários qual foi a sua parte preferida, e se pretende conhecer alguma delas em algum momento.

Não esqueça de acompanhar o Agora Viagem, para não ficar por fora de nenhuma novidade.

Perguntas Frequentes

Como é a Cachoeira do Saltão em Brotas?

A Cachoeira do Saltão é um dos principais atrativos turísticos da cidade de Brotas, localizada no interior de São Paulo. Com cerca de 75 metros de queda livre, a cachoeira é um espetáculo natural e um destino muito procurado por quem visita a região.

Como é a Cachoeira da Graça em Cotia?

 Com cerca de 40 metros de altura, a cachoeira é um espetáculo natural e um destino muito procurado por quem busca contato com a natureza.

Como é a Cachoeira do Sol em Monte Alegre do Sul?

Com cerca de 20 metros de altura, a cachoeira é formada pelas águas cristalinas do Rio Camanducaia, que se espalham em várias quedas e poços, criando um cenário de beleza única.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *